02 maio 2017

[Resenha] Colateral - Andy Collins


Título: Colateral
Autora: Andy Collins
Páginas: 200
Editora: Independente
ISBN: B01I283LNK
Ano: 2017

Sinopse: Até onde você seria capaz de ir para se encontrar?
Abriria mão de quem você se tornou?
Deixaria tudo para trás?
Jason Willers tirou os ternos de grife e está longe do seu irmão. Com seu Jeans surrado e uma mochila nas costas, ele quer apenas uma coisa: respostas.
E ele não vai parar até obtê-las.
Leah Renard não conhece limites para conseguir o que deseja, seguir regras nunca foi seu ponto forte. Ela tem apenas uma coisa em mente: viver o seu sonho de infância.
E ela não vai desistir, até realizá-lo.
Um encontro nada agradável coloca em risco o objetivo de ambos. Agora, Jason e Leah têm algo a mais em seus pensamentos. Uma mudança de planos nunca foi tão tentadora.
Ele estava preso ao passado.
Ela lutava pelo futuro.

Desde que tive contato com a escrita da Andy Collins quero ler mais e mais livros dela. Quando rolou o convite para ler Colateral, claro que aceitei logo, primeiro pelo motivo citado anteriormente e segundo porque é a continuação da trilogia Willers Family, cujo primeiro livro já foi resenhado aqui, Fenomenal.

Nesse segundo livro, vamos conhecer mais de Jason Willers, irmão do boxeador Oliver. Jason tirou alguns meses de férias e nesse período vai em buscas de respostas. Sua ex-namorada e modelo, Helena, revelou que ela estava grávida, mas que a gravidez estava colocando em jogo sua carreira. Preocupado com a decisão da moça e querendo saber o que aconteceu no tempo em que eles estavam afastados, ele vai para Los Angles.

Ao chegar lá descobre que Helena está viajando a trabalho e não sabe quando volta. Nesse processo todo de chegar de viajem e receber essa surpresa, o caminho de Jason acaba se cruza, ainda no aeroporto, com o de Leah, uma pilota de testa de Formula 1. A surpresa ainda é maior quando ele descobre que ela é vizinha de Helena.

Jason acaba se hospedando na casa de um outro vizinho da moça, o fotografo Tommy, que por sinal é o melhor amigo de Leah. Os três acabam ficando amigos e apesar de achara que ainda sente algo por Helena, Jason percebe que está em outra, quando começa a se interessa por Leah e a reciproca é verdadeira.

Eu estava muito animada por esse livro, afinal em Fenomenal só vimos o lado irmão e protetor de Jason para com Olive. Ainda naquele livro, o “drama” do protagonista já se desenhava e eu estava louca para saber como esse seria solucionado ou não.

Os irmãos Willlers são intensos, maravilhosos e apaixonados isso não posso negar, mas focando no Jason, senti que ele não conseguiu me conquistar tanto quanto o irmão. Ele é o tipo de homem centrado, que luta pelo que quer e com isso quando lhe decepcionam custa a dar seu perdão.

Já Leah é a moça que foi de encontro a tudo que sua família queria que ela fosse, a bonequinha que ia se casar com um homem rico e pronto, ela lutou pelo seu sonho de pilotar e luta para se a primeira mulher a ganhar destaque na Formula 1. Para alcançar essa independência, ela fez algo ou acreditar que colaborou para tal situação, que apesar de não tirar seu sono (ainda), sabe que irá interferir muito na relação com Jason.

Uma coisa muito boa que tenho percebido nessa série é o quanto as personagens femininas são lutadoras, determinas e mesmo assim faz o tipo mocinha clássicas de romance, mas claro que com nada muito meloso.

O romance demora um pouco a se desenvolver e em boa parte eu fiquei muito agoniada para saber como seria a conversa de Jason e  Helena, já que ela dá um chá de cadeira nele. Nesse meio tempo vamos vendo a amizade dele, Leah e Tommy crescendo. São três desconhecidos que tem muita sintonia e parecem se conhecer a anos e não há alguns dias.

A narrativa é envolvente, gostei muito de ver um pouco dos protagonistas do primeiro livro Oliver e Bree, além também de eles serem de grande ajuda no clímax da trama, que sofre uma grande reviravolta nos últimos capítulos, quase me matava do coração. Mesmo assim senti que falou um algo mais, amei o romance e como a Andy conseguiu inserir um assunto que gera polemica, mas mostrou que a escolha é da mulher. Não vou falar profundamente sobre isso, pois entregaria muito da história.

Andy Collins continua me conquistando com sua escrita e me deixando mais e mais curiosa para o desfecho dessa trilogia, que envolverá a segunda geração de Willers e promete uma verdadeira confusão familiar.

Avaliação:

26 comentários:

  1. Olá
    Confesso que não gostei muito dessa capa, mas sobre a premissa parece ser interessante, por mais que não conhecia o título e em especial por ser o segundo de uma série - trilogia né?! Não conhecia Andy Collins, mas fiquei bem curiosa e com certeza irei procurar mais a respeito. Vou conferir a resenha do primeiro livro com certeza!
    Beijos, F

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi F,
      Espero que possa curtir essa trilogia tanto quanto eu.

      Bj.

      Excluir
  2. Olá confesso que não conhecia o livro nem a trilogia, porém me parece se uma história curiosa, diferente do que costumo ler, gostei bastante, beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá,
      Realmente é curiosa. Tem trazido temáticas que geralmente não vejo na maioria dos livros do gênero e ainda sendo nacional, estou adorando.

      Bj

      Excluir
  3. Primeiramente: QUE CAPA É ESSA???? Amei <3
    Não conhecia essa trilogia, mas já fiquei curiosa pra ler, ainda mais sabendo que é bem envolvente e te deixou curiosa pro próximo volume, que será o último. E mesmo que o romance tenha demorado pra acontecer, acho que eu vou gostar assim, pois não curto aquela coisa apressada.

    Virando Amor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Carol,
      Sempre acho que os livros da Andy arrasam na capa. rsrsrs
      Leia!! Você deve curtir muito.
      Bjs

      Excluir
  4. Olá!! :)

    Eu não conhecia este livro mas ainda bem que gostaste de fazer a leitura, mesmo que nem tanto!! :)

    Bem, a verdade e que e uma pena que demora tanto a desenvolver-se, mesmo que com uma escrita fluida...

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

    ResponderExcluir
  5. Oi!
    Sempre vejo falar dessa autora mas nunca li nada dela, mas vamos por partes... essa capa é dextruidora! Já ganhou um ponto logo por esse detalhe rsrsrs
    Adoro quando as mocinhas são empoderadas e essa daí sendo pilota de forma 1 já é um grande avanço, principalmente porque nunca li nada do tipo.
    Sobre a história estou bem curiosa também já quero ler ele pra ontem

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    Sabe, o primeiro parágrafo já me deu vontade de ler kkkkkkk
    Sou romântica inveterada e quase todas as categorias de romance me prende. Adorei a resenha, quero muito ler e descobrir o que acontece com es família.
    Bjs e até mais!

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Olá.
    Bom, a premissa não despertou meu interesse e o fato de Colateral ser uma sequência, contribuíram pra que eu deixasse a dica passar, já que não estou disposta a iniciar uma nova série ou trilogia.
    Mas foi bom saber que a narrativa é envolvente mesmo com um romance que demora a se desenvolver. Pelo menos você fez uma boa leitura, e teve momentos de diversão com a história.

    Até mais!!

    ResponderExcluir
  8. Oie!
    Estou bem curiosa para conferir essa história, mas ainda não consegui acrescentar esse titulo para conferir. Mas queria que o romance desenvolvesse mais rápido, mesmo assim, estou curiosa para conferir.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  9. Oi. :)
    Não conhecia essa trilogia, mas já quero ler. Adoro personagens que são envolvidos com boxe, tem sempre aquele charme a mais.
    Parabéns pela resenha.
    Blog As Meninas Que Leem Livros.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  10. Ah essas séries que são sobre irmãos, como não amar? Os Maddox deixaram um legado e tanto! Fiquei interessada na série, acho que não gostaria desse segundo livro, apesar do empoderamento levado em questão, mas o primeiro... Estou suspirando com sua resenha.

    ResponderExcluir
  11. Olá!
    Eu ainda não conhecia essa série, mas confesso que me chamou muito a atenção porque faz muito o meu estilo de leitura, apesar de você ter sentido que faltou algo a mais no livro. Adorei essa sua dica, e vou deixar anotada para poder ler futuramente.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  12. Olá,
    Não conheço nada dessa autora, mas a resenha que você fez do livro me deixou curiosa. E quanto ao que você diz que "a escolha é da mulher" já faço uma ideia do que pode vir a ser, e confesso que se for o que estou pensando me decepcionou bastante.

    ResponderExcluir
  13. Oii!

    Estou louca para ler Fenomenal, uma amiga leu e amou! sua resenha me deixou ainda mais curiosa, adora que preciso ler mesmo!!

    Ótima resenha!!

    Beijos
    www.pintandoasletras.com.br

    ResponderExcluir
  14. Oi, Thiana!
    Também li e resenhei Colateral recentemente e amei a leitura! Andy escreve de forma tão envolvente que é impossível largar o livro, adorei os personagens principalmente o Tommy que é super divertido. :)

    Beijos,

    Rafa [ blog - Fascinada por Histórias]

    ResponderExcluir
  15. Oie!
    Cara, a capa é tão linda e bem feita que achei que fosse um filme! De verdade!
    Adoro romances desses que a gente fica na expectativa de acontecer, então acho que esse livro seria uma ótima pedida para mim! Parabéns pela bela resenha <3

    ResponderExcluir
  16. Oie! Tudo bem?

    Não conhecia o livro e muito menos a autora, mas chamou minha atenção a proposta dele e a capa belíssima, irei procurar saber mais sobre o primeiro volume para poder realizar a leitura desse, espero gostar das histórias como você!

    Bjss

    ResponderExcluir
  17. Oi Thiana, como está?
    Achei a premissa do livro bem diferenciada, considerando quantos romances desse gênero andam pipocando nos últimos dois anos. Embora eu ache que um romance que se desenvolve lento demais realmente me deixe meio cabreira.
    Abraços e beijos da Lady Trotsky...
    http://rillismo.blogspot.com

    ResponderExcluir
  18. Não curti nada essa capa e não conheço a trilogia da qual ele é continuação. Que pena que a química entre vc e o protagonista não rolou tanto quanto no livro do irmão. Acho que a parte da demora no desenvolvimento do romance não me desagradaria, mas não me interessei pela história, infelizmente.

    Beijos

    ResponderExcluir
  19. Olá, tudo bom?
    Não conhecia os livros ou a autora mas confesso que fiquei bem interessada em conhecer o livro e conferir essas mocinhas que são fortes mas que não fogem do padrão clássico, não sendo algo meloso. Quero muito conhecer esse irmão e seus dramas, ainda que não tenham te conquistado tanto quanto o primeiro irmão e seu livro.
    Sugestão mais que anotada!!

    Beijos

    ResponderExcluir
  20. Amo esta série.realmente o primeiro foi maravilhoso do início ao fim.o segunda item algumas falhas mas nada que atrapalhe. O prazer da leitura!
    Amo as capas dos livros dela
    Super bem trabalhadas
    Tem um homem na capa mas é bem definida. Nem um pouco sem graça!Isto demonstra o quanto. O autor se preocupa com os mínimos detalhes.

    ResponderExcluir
  21. Oi, tudo bem? Tenho que dizer que a capa desse livro é maravilhosa e que eu não conhecia essas obras não... Mas por outro lado, não sei, eu achei que a história não é tão interessante quanto poderia, eu acho que tem muito drama, o protagonista não sabe direito o que quer ou sente... Mas eu gosto de mostrar a mulher como alguém forte, que vai atrás do que quer! No entanto, não sei se isso dela ter feito algo que irá atrapalhar o relacionamento, possa ser algo que eu vá gostar, não pela relação, mas pelo que pode ser e como isso afeta a posição dela como mulher determinada e forte! Enfim, não sei se leria no momento, mas é uma obra a se pensar!
    Um beijo
    www.brookebells.com

    ResponderExcluir
  22. Olá!
    Eu não conhecia essa trilogia, então eu fui ler sua primeira resenha e fiquei morrendo de curiosidade de ler, principalmente por trazer um personagem lutador de boxe, não que eu goste desse esporte, mas é que ler livros que trazem personagens assim me agrada muito, li alguns e adorei as histórias. Uma pena que você tenha sentindo, que nesse segundo livro, faltou um algo a mais, espero que no terceiro livro as coisas melhorem e a nota aumente.
    Beijos,
    Nay
    Traveling Between Pages

    ResponderExcluir
  23. Oiii

    Quando vi essa capa achei que se tratava de um filme kkkkk Não é o tipo de livro que costumo ler, e pra ser sincera ter um protagonista lutador de boxe não me agrada pois não gosto mesmo desse esporte. Mas enfim, acho uma pena que esse volume tenha faltado algo pra vc.

    Bjão
    http://rillismo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir